Blog
Magic Way

A China é um país que traz muita magia

05.jun.2013

Você sabia que Beijing (Pequim), cujo significado é “residência do norte”, é, na realidade, formada por duas cidades: a interior e a exterior? A China tem uma história de mais de 3 mil anos e viajar para lá é mergulhar um pouco em toda essa riqueza de cultura. A cidade é extraordinariamente rica em locais históricos e culturais, como, por exemplo, o Palácio Imperial, localizado na “Cidade Proibida”, que leva este nome pela milenar proibição da entrada do povo, algo bastante curioso e que marca o estilo de vida chinês.

DIGITAL CAMERA

Mas não é só isso, visitar os chineses significa conhecer o que há de mais exótico na culinária, hábitos e cotidiano de um povo que tem se tornado expoente na economia mundial. Nos arredores de Pequim está situada a Muralha da China, uma das grandes maravilhas do mundo pela espetacular e grandiosa obra arquitetônica, que cobre mais de 6 mil quilômetros de extensão e foi construída como defesa para a possível entrada das tribos nômades procedentes do norte, atravessando sete províncias e sendo possível vela em fotos tiradas do espaço.

DIGITAL CAMERA

Saindo de Beijing e pegando um avião até Xian (Paz Eterna), conheceremos uma cidade que foi capital das 11 Dinastias e que se destaca por ter sido ponto de partida da famosa “Rota da Seda”. Em Xian fica a tumba de QinShiHuangdi, primeiro imperador de China e fundador da dinastia Chin. O túmulo é de terra e tem 47 metros de altura. Seu interior guarda mais de 6 mil figuras de guerreiros em tamanho natural, representando o grande exército com carroças de combate que guardam a tumba do Imperador.

Durante a viagem, é possível ir de avião até Shanghai, um dos municípios diretamente subordinados ao Poder Central, que têm mais de 12 milhões de habitantes, sendo o maior porto, centro comercial e a metrópole mais internacional da China. É na cidade de Shanghai, pela movimentação comercial, que você percebe porque a economia chinesa é uma das mais fortes do mundo. Mas não pense que a China só respira economia, a religião também é marcante. Em Shanghai é possível visitar o Tempo de Buda de Jade, com duas estátuas de Buda talhadas numa só peça de jade branco.

DIGITAL CAMERA

E quando falamos de Hong Kong, imediatamente surge a imagem do Cais dos Pescadores de Aberdeen, que em outros tempos era um tranquilo povoado de pescadores convertido agora em uma próspera cidade muito conhecida por seus magníficos restaurantes flutuantes. Fora isso, luzes, arranha-céus, vida noturna, energia e o dinamismo da China estão esperando os viajantes do mundo todo para um belo passeio.

Conheça o pacote da Magic Way “China Mágica”. Uma boa viagem para você!



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe: